Google Anuncia Fim de Atualização do Pagerank

Muito já se falou sobre o fim do pagerank aqui no Brasil nos últimos anos, porém pelo o que eu notei quase ninguém daqui percebeu a última nota que o Google deu sobre o assunto em 7 de outubro de 2014,onde claramente dá a entender que desta vez é para valer, ou seja, o Google vai parar de atualizar o Status do Pagerank na sua barra de ferramentas..
Google finalmente decreta o fim do pagerank

Eu ainda não vi ninguém falando sobre isto por aqui mas pelo que eu vi, esta notícia caiu como uma bomba lá fora!

No dia 7 John Mueller (um dos Big Chefões do Google) soltou a bomba em um vídeo informando que eles provavelmente não vão mais atualizar o Pagerank publicamente, na verdade ele foi bem claro em enfatizar: Nunca mais..

Você pode conferir esta informação no vídeo abaixo, ele fala isto no minuto 20:30 aproximadamente ( em inglês ):


Como você pode ver, parece que agora finalmente podemos afirmar que o PageRank da barra de ferramentas do Google Morreu!

Pagerank na barra de ferramentas do Google

Esta informação causou muito barulho no mercado principalmente no mundo do SEO, pois praticamente acaba matando a barra de ferramentas do Google e outras barras de ferramentas que mostravam o pagerank, um fator muito importante para avaliar a qualidade dos sites e encontrar bons sites para trabalhar com Linkbuilding.

É claro que o Google consegue medir o PR internamente e as métricas para isso mudam o tempo todo, ou seja, o PR vai continuar existindo para o Google, mas só eles vão conseguir ter e ver esta métrica, nós meros “usuários” não teremos mais acesso a informações como estas ou atualizações de status do Pagerank de nossos sites.

Há anos que os profissionais de SEO tem confiado no Pagerank como um fator para verificar a qualidade e identificar bons sites para conseguir backlinks, porém agora apesar do PR ainda existir, para nós podemos afirmar que praticamente o Pagerank está morto..

Apesar disso eu tenho uma boa notícia para te passar, você não precisa se preocupar tanto com isso, é possível identificar bons sites para fazer um trabalho de linkbuilding de outras maneiras, também pode ser possível ter uma “medida aproximada” do pagerank de um site!

Como identificar sites de Qualidade Após o Fim do Pagerank

Você pode identificar a qualidade de um site de duas maneiras bem simples. Confira abaixo 2 alternativas interessantes para mensurar a qualidade de um site mesmo sem o PageRank:

1) Usar a Barra de Ferramentas do Moz para verificar o DA e PA.

Se não temos mais acesso aos dados atualizados sobre Pagerank , então esta é uma das melhores alternativas e conforme tenho visto muita gente fera em SEO fora do Brasil dizem que é uma forma de ter um “Pagerank Aproximado”, a diferença está na escala utilizada que neste caso é de 0 a 100 enquanto no Pagerank é de 0 a 10.

A principal vantagem é que o DA é atualizado muito mais rápido que o pagerank, enquanto o pagerank era atualizado de 3 em 3 meses e da última vez demorou mais de um ano para ser atualizado, o DA é atualizado em questão de semanas…

Com o DA, além de analisar a qualidade de um site você também pode utiliza-lo para determinar um pagerank aproximado conforme mostrado abaixo:

PR 0 = 0 Moz DA (Autoridade do Domínio)
PR 1 = 10-20 DA
PR 2 = 20-30 DA
PR 3 = 30-40 DA
PR 4 = 40-50 DA
PR 5 = 50-60 DA
PR 6 = 60-70 DA
PR 7 = 70-80 DA
PR 8 = 80-90 DA
PR 9 = 90 -100 DA
PR 10 = 100 DA

A diferença entre o DA (Autoridade do Domínio) e PA (Autoridade da Página) é que o DA mede todo o domínio, e o PA mede a página de forma individual, sendo assim em um domínio você vai ter somente um DA, mas pode ter vários PA diferentes para as páginas dentro deste domínio..

Você pode conferir estas métricas em sites como o Open Site Explorer ou instalando a Barra de Ferramentas do MOZ, esta barra de ferramentas é bem útil e pode te ajudar a obter dados rapidamente através das buscas no Google ou ao entrar em qualquer site.

2) Majestic SEO Citation Flow & Trust Flow

Através do Majestic você pode ter acesso a estas outras duas métricas que também são bem bem utilizadas, apesar de medir as coisas de forma diferente que o DA e PA, estas métricas geram dados confiáveis sobre a qualidade de um determinado site.

Citation Flow ( CF ) = Mede o número de citações/links para um determinado domínio ou página (similar ao DA)

Trust Flow ( TF ) = Medida de confiança

Fique atento pois dependendo da forma que você colocar a url do seu site no Majestic os resultados podem ser bem diferentes, por exemplo se colocar o domínio com o www o resultado vai ser um, se colocar sem, o resultado vai ser outro, por isso é importante, testar as variações.

E como saber o que são bons resultados de CF e TF ? Isto é bem simples, se conseguir resultados acima de 15 já dá para considerar como sites de qualidade, porém quanto maior estes números melhor.

Sei que este post até o momento deve estar bem técnico, espero que você não esteja dormindo ou achando tudo isto muito chato porque agora eu vou te explicar como usar toda esta informação em seu favor, para te ajudar a ter resultados na prática, fique ligado nestas minhas recomendações:

1) Você pode utilizar os sites que citei neste artigo para verificar como seu site está classificado segundo estas métricas e com isso em mãos pode começar a trabalhar fatores no seu site como SEO On Page ou construção de links para com o tempo ir melhorando suas classificações e qualidade do site perante o Google, talvez você ache que seu site é muito bom, mas o Google pode não achar a mesma coisa, as métricas podem te ajudar a identificar isto.

2) Pode ser muito útil quando você for criar artigos e pesquisar as palavras chaves no Planejador de Palavras Chaves do Google para definir sobre o que escrever. Após escolher algumas palavras chaves, você pode fazer uma pesquisa por estas palavras chaves no Google e conferir as métricas dos sites classificados na primeira página para comparar o DA e PA deles em relação ao do seu site, isto vale ouro!

Se você verificar que a maioria dos sites tem um DA menor que 20, então a palavra-chave é provavelmente muito fácil de ser trabalhada e você pode conseguir posicionar seu artigo na busca melhor que eles. Se o site dos concorrentes tiver um DA de 20 ou mais, então não vai ser tão simples e você provavelmente vai ter mais trabalho para isso..

3) Ao procurar sites do seu nicho para escrever guest posts ou contratar artigos patrocinados para construir seus links você pode usar a informação do DA e optar por entrar em contato somente com sites de DA 20+ o que vai ajudar muito os seus artigos a subirem nas buscas.

Mesmo com todas estas vantagens você precisa ter em mente que estas métricas não são métricas do Google e sim de ferramentas de terceiros relacionados a SEO, além disso as métricas também não são atualizadas diariamente, isto ocorre de semanas em semanas.

Se você estava preocupado com o Pagerank, pode esquecer esta métrica e daqui pra frente comece a se ater nas métricas que mencionei neste artigo, afinal de contas, são estas métricas que a maioria das agências e profissionais estão utilizando atualmente.

Espero que tenha gostado deste artigo, se tiver dúvidas ou sugestões, fique a vontade para fazer seus comentários abaixo.

PS: No meu curso Negócio Online na Prática eu estou ensinando em detalhes para meus alunos como utilizar métricas como DA e PA para encontrar bons nichos e também para ficar a frente dos concorrentes!

6 Comentários

  1. Oi Daniel,

    E Agora?? fiquei confuso… vai ficar mais complicado, especialmente para profissionais de SEO que estão focados no PAgeRank

    Parece que tiraram uma bússola e dizem que ainda existem as “estrelas” para se navegar .. 🙁

    Independente, parabéns pelo artigo

    • Daniel Grecco

      Pois é Fernando,

      Mas dá pra se virar muito bem sem o PR, eu mesmo não estava mais utilizando ele como métrica faz um bom tempo, utilize as dicas que dei neste artigo que vai te ajudar bastante

      Abração,

      Daniel

  2. Vejo esta mudança de forma positiva, pois aumentará as chances de novos sites conseguirem bons posicionamentos se comparados com o método de Page Rank onde só tinham relevância para o Google os sites de PR alta. Dificilmente um novo site consegui ganhar destaque ou posicionar nas buscas, era necessário back links de sites antigos com um bom PR e isto ocasionava uma “mafia de venda de links do-follow”, pois ninguém publica links para um site com do-follow GRATUITAMENTE. Os poucos sites que publicavam links não passam relevância alguma, obrigando os empreendedores, blogueiros e etc, comprarem tais links de apontamento com a relevância pretendida.

    Creio que agora, as tarefas de SEO tornaram-se mais justas, pois com o fim do PR, o foco será a produção de conteúdo de qualidade, onde ganhará destaque e melhores posicionamentos, aquele site que melhor trabalhou seu conteúdo e o propagou em redes sociais de forma agradável ao usuários ao invés de simplesmente tacar o conteúdo nos feeds sociais da mesma forma que SPAM.

    Parabéns pelo artigo, muito bem explicado e esclarecedor.

    • Olá Luciano, tudo bem?

      Na verdade os backlinks continuam a ser muito importantes, porém as manipulações podem diminuir consideravelmente com o fim da atualização do PR.

      Abração,

      Daniel Grecco

  3. Olá Daniel
    Essa ferramenta moz é agora o nosso guia para se trabalhar com seo,com esse seu artigo ficou bem mais claro para eu, sou aluno do nonp.valeu.

  4. Martins

    Ola! Daniel muito bom seu artigo sempre estou acompanhado suas dicas, Neste momento estou fazendo um curso de SEO isto é este mundo do SEO para me é novo falam muito em backlink e outras coisa mais.

    Achava que só criar um artigo postar no site e pronto O GOOGLE me acharia mais na verdade não bem assim tem um processo longo para percorre.

    Obrigado pelo seu artigo abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *