O que são Programas de Afiliados

Programas de Afiliados já existem há muitos anos e se popularizaram muito, porém se você é um iniciante que ainda está dando seus primeiros passos no marketing digital e que quer aprender como ganhar dinheiro na Internet para realizar o sonho de trabalhar em casa pela Internet então talvez você nunca tenha ouvido falar sobre isso ou ainda não tenha entendido 100% a respeito.

Já te adianto que você vai precisar conhecer muito bem tudo relacionado a programas de afiliados para ter sucesso na sua empreitada online, digo isto porque os programas de afiliados são um dos maiores pilares utilizados para se atingir o objetivo de ganhar dinheiro online e por isso que vou detalhar tudo a respeito do assunto neste artigo, continue lendo para saber mais e tirar todas suas dúvidas sobre Programas de Afiliados..

O que são Programas de Afiliados?

O conceito de um programa de afiliados é bem simples, de forma resumida é um programa criado por uma empresa que quer divulgar seus produtos e serviços na Internet e para fazer isto oferece uma oportunidade de ganhos para as pessoas dispostas a fazer esta divulgação em seus blogs, sites ou nas redes sociais.

Para ficar mais fácil de entender vamos supor que uma empresa especializada em vender tênis da Nike está interessada em aumentar suas vendas e decidem criar um programa de afiliados para isso:

Eles podem criar um sistema no qual vão pagar uma comissão de 5% por cada venda gerada por um afiliado, ou seja, se você se cadastrar no programa de afiliados desta empresa, vai ter acesso a um link de divulgação bem como a materiais como banners e outros para que seja feita a divulgação e cada vez que alguém comprar pelo seus links ou banners de indicação você ganha uma comissão de 5% sobre o valor da venda.

Aqui é importante não confundir um programa de afiliados com esquemas piramidais ou com negócios de Marketing Multinível, diferentemente destes dois um programa de afiliados legítimo NUNCA irá cobrar para que você possa participar, em outras palavras, um programa ou sistema de afiliados sempre deve ser de acesso gratuito para todos interessados em participar.

Formatos de Programas de Afiliados

Formato de Programas de Afiliados

O exemplo que dei acima é apenas um dos formatos disponíveis, existem vários formatos com modelos de remuneração diferentes em cada um deles, vou citar abaixo os principais formatos existentes hoje:

Programa de Afiliados CPM

Este é um formato bem antigo e que atualmente quase não está em uso, ou seja, é muito raro uma empresa adotar este formato para seu programa de afiliados.

CPM é a sigla para “Custo por Mil”, é um formato no qual a pessoa que divulgar recebe um valor por cada mil exibições de anúncios em seu blog ou site. Neste formato você receberia um valor de por exemplo R$1,00 a cada mil exibições de banners em seu blog e para ganhar um bom dinheiro com CPM você precisaria de um blog com muitas exibições diárias.

Como o valor pago é por exibição, a divulgação neste formato fica limitada a divulgação com banners, pops e siteunders não podendo ser utilizado por quem não tem site pois normalmente não é permitido divulgar campanhas nestes formatos em redes sociais, links na Internet ou por e-mail.

Programa de Afiliados CPC

Também é um formato antigo porém ainda hoje é bem popular e continua sendo utilizado com frequência em boa parte devido ao Google Adsense que trabalha com este formato.

Assim como o CPM, CPC também é uma sigla que significa ” Custo por Clique”, neste formato o afiliado recebe um valor por cada clique gerado em seus banners ou links de afiliados, o valor do clique vai depender do que cada Programa de Afiliado ou anunciantes oferecerem. No caso do Google Adsense por exemplo o valor de um clique pode variar desde 1 centavo até 10 reais ou mais.

Também é um formato no qual normalmente não é permitido fazer divulgação em redes sociais, links em sites na Internet e por e-mail.

Programa de Afiliados CPA

Este formato tem crescido e tem se tornado bem popular principalmente entre os anunciantes que tem adotado muito o modelo CPA devido a vantagem de só pagar ao afiliado quando este gerar um resultado X ou Y.

CPA é a sigla para “Custo por Ação”, neste modelo fica implícito pelo significado que é um modelo no qual se paga ao afiliado um valor X por uma determinada ação Y gerada no site do anunciante. Campanhas CPA podem ser campanhas que pagam tanto por uma ação paga ou uma ação gratuita qualquer no site do anunciante.

Um exemplo de remuneração CPA paga é quando o afiliado recebe um valor por pessoas que façam uma assinatura paga de algo com seu link de indicação ou após clicar em algum banner com seu link de indicação.

Há uns 3 anos atrás um modelo bem popular disso foram campanhas de anunciantes que vendiam assinaturas de conteúdo para celular, no qual o afiliado recebia um valor entre R$2,00 a R$4,00 por cada pessoa que assinasse o serviço através do seu link.

No caso de campanhas CPA gratuitas é parecido com o modelo acima porém a diferença é que o afiliado é remunerado com um valor X por uma ação que não envolve dinheiro por parte de um visitante no site do anunciante, esta ação pode ser o preenchimento gratuito de um formulário por exemplo.

Campanhas CPA podem ser divulgadas mesmo por pessoas que não tem blogs, pois normalmente os anunciantes permitem divulgações em redes sociais como Facebook ou outras formas de divulgação que não precisam de um site como divulgar o link em comunidades, divulgação por e-mail, etc.

Programas de Afiliados CPL

O modelo CPL que significa “Custo por Lead” é bem parecido com o CPA, o diferencial é que neste modelo só se trabalha com ações gratuitas visando gerar um lead. Um lead nada mais é do que um conjunto de dados de contato de uma pessoa e os dados de um lead variam muito de anunciante para anunciante.

Um anunciante pode se interessar apenas em capturar e-mails das pessoas que visitarem seu site com objetivo de gerar uma lista de contatos interessados em seus serviços e produtos para posteriormente mandar mensagens promocionais para estas pessoas, neste caso, quando alguém clicar num link de um afiliado e preencher o e-mail no site do anunciante isto será considerado um lead e o afiliado que gerou o lead ganha um valor específico por este lead.

Outros exemplos que podem ser considerados leads:

– Preenchimento de um formulário mais completo com campos como nome e telefone.
– Cadastro Gratuito em algum site

Enfim, o que vai determinar qual ação é necessária para que seja gerado um lead será o que o anunciante determinar  e o valor do lead normalmente é proporcional aos dados fornecidos pelo visitante, em um programa de afiliados no qual um lead exige apenas e-mail para ser gerado provavelmente terá um valor pago ao afiliado menor do que um outro no qual sejam solicitados mais dados para que seja considerado um lead.

Também é possível participar de campanhas CPL sem ter um blog.

Programa de Afiliado CPV ou CPS

Este formato é o que usei para explicar o que é um programa de afiliados no começo deste artigo, ou seja, é um modelo no qual os afiliados são pagos por vendas efetuadas e é daí que vem as siglas relacionadas CPV  de comissão por venda, também conhecido como CPS de “Cost per Sale” que é o termo em inglês e significa o mesmo, ou seja, o afiliado recebe uma comissão pela venda dos produtos.

Este modelo parece simples não é mesmo ? Afinal é só vender os produtos e receber as comissões depois.. Mas afinal qual a diferença do CPV com o CPA ?

A principal diferença é que no caso de campanhas CPA normalmente se recebe um valor fixo por uma determinada ação, supondo por exemplo a venda de uma assinatura de revista que custe 100 reais, poderia ser determinado um valor fixo de comissão CPA ao afiliado de 20 reais por venda.

No caso de campanhas CPV o afiliado é remunerado com um percentual sobre o valor da venda, em um programa CPV de um grande site de eletrônicos por exemplo, se eles pagarem 10% de comissão aos afiliados, os ganhos vão depender do valor de venda dos produtos que os afiliados divulgarem, se vender um produto de mil reais a comissão seria de 100 reais, se vender um produto de 500 reais a comissão seria de 50 reais e assim em diante.

Além disso há uns detalhes que você precisa saber, o primeiro deles é que as comissões só são pagas após a confirmação de pagamento dos produtos, sendo assim ao participar de um programa de afiliados CPV você provavelmente terá um painel de controle com um relatório que mostrará os seguintes status:

– Vendas Pendentes
– Vendas Ativas ou Confirmadas
– Vendas Canceladas

Toda venda efetuada com seu link de afiliado inicialmente ficará com status pendente, quando o pagamento do cliente pagar com cartão de crédito, boleto, etc o status automaticamente passará para ativo e se uma venda for cancelada por algum motivo como fraude no pagamento, pagamento recusado, etc então o status passará para cancelado e você não terá direito a comissão.

Devido a estas características é preciso ter em mente que ao divulgar campanhas CPV talvez você só comece a ver “dinheiro de verdade” pingando na conta depois de alguns dias, principalmente se os clientes pagarem por boleto que demora 48 horas para compensar o pagamento.

Da mesma forma que ocorre com o CPA e CPL, campanhas CPV também podem ser divulgadas por pessoas que não tem blog, porém os resultados são mais difíceis de se obter neste caso.

Programas de Afiliados CPD

Mais uma sigla Daniel? Pois é mas fique tranquilo que em breve você vai guardar todas elas sem se preocupar em ter que ficar memorizando, nada melhor do que a prática do dia a dia pra isso.

CPD é um modelo que não é muito utilizado no Brasil e significa “Custo por Download“, também conhecido como CPI ( não é a do mensalão..rs ) que significa “custo por instalação”.

Acho que você já sacou do que se trata…É isto mesmo, é um modelo no qual o afiliado divulga algum software e recebe um valor X por cada pessoa que instalar o software através do seu link de afiliado. Os programas mais comuns deste tipo são programas como tradutores e toolbars.

Neste modelo os valores pagos por instalação geralmente são baixos na casa de 0,10 a 0,50 centavos porém sabendo trabalhar dá para ganhar bem na quantidade pois a maioria destes programas pagam pela instalação de softwares gratuitos. Aqui é preciso tomar alguns cuidados como selecionar bem as empresas e programas que vai divulgar pois infelizmente muitos deles contem spyware ou adware embutidos.

Programas de Afiliados de Siteunders e Pops

Existem algumas empresas e anunciantes que gostam de pagar para os donos de blogs por cada abertura de pop com propagandas ou aberturas do site do anunciante em seus blogs, quando é pago pela abertura do site do anunciante então chamamos este tipo de anúncio de campanha Siteunder.

Aqui o modelo de pagamento normalmente é o CPM no qual o anunciante paga um valor fixo como 1 ou 2 reais para cada 1000 aberturas do seu site no blog dos afiliados por exemplo.

Pode ser um modelo interessante para quem tem blogs ou sites com muitas visitas diárias, porém é preciso selecionar bem os anunciantes e campanhas, o ideal é que o pop ou siteunder abra apenas uma vez por dia para cada visitante, existem programas que não fazem isso e como consequência se um usuário navegar em seu blog em 10 páginas vai abrir o siteunder ou pop nas 10 páginas e isso acaba irritando os usuários e tenho certeza que você não quer isso…

Conclusão sobre Programas de Afiliados

Sei que o texto ficou meio longo e gostaria de te pedir desculpas por isso, mas não vou, pois sei que estas informações detalhadas são importantes, você precisa saber disso, mas resumindo tudo em apenas um parágrafo :

Programas de afiliados são programas nas quais empresas remuneram as pessoas de alguma forma para divulgarem seus serviços ou produtos, estas formas de remuneração podem ser qualquer uma das que mencionei acima!

Agora basta você escolher qual o modelo mais interessante para o seu tipo de negócio online. Acredito que mencionei todos os modelos possíveis de se trabalhar com Programas de Afiliados, mas se você conhecer algum outro que eu ainda não conheço ficarei feliz se compartilhar aqui nos comentários!

Também te convido a clicar na home do blog para conhecer outros artigos que podem te ajudar em sua jornada.

11 Comentários

  1. Olá, Daniel
    Parabéns pelo artigo. Bastante esclarecedor e abrangente nas mais variadas formas de remuneração de um programa de afiliados, que felizmente, não se limita a um ou dois programas existentes como a grande maioria acredita, mas inúmeras outras opções de afiliados, seja para infoproduto ou produto físico.
    Sucesso.

    • Olá Denilson, tudo bem ?

      Sim, existem diversas outras opções onde dá pra ganhar um bom dinheiro mas poucos conhecem..

      Abração,

      Daniel

  2. Tenho estudado outras maneiras de lucrar com programas de afiliados, ficar preso somente no hotmart é uma furada.Gostei muito do seu artigo. 😉

    • Oi Renata, tudo bem?

      Eu não diria “furada” mas sim “arriscado”, eu já vi por mais de uma vez pessoas que dependiam de só um programa de afiliados X perderem sua fonte de renda da noite pro dia, por isso diversificar é importante..

      Nos próximos dias vou escrever um artigo falando sobre alguns outros bons programas de afiliados que podem ser utilizados em paralelo com o Hotmart.

      Abração,

      Daniel

  3. Adão J Napolitano

    Legal Daniel.
    Mesmo você achando que ficou longo, são informações importantes que todo afiliado tem obrigação de aprender. Concordo com o que diz ser melhor, ter bons programas de afiliados, e fazer um bom trabalho com eles te permite uma segurança principalmente quando o objetivo for realmente se dedicar sómente a isso como fonte de renda.
    Como sempre valeu amigo.

  4. Mariana

    Olá, Dani,
    Vc pode me oferecer mais plataformas com maneira de CPD(CPI)?
    Eu agradeço.

    • Oi Mariana,

      A maioria destas plataformas é de fora do país, mas tem uma muito boa que costuma ter bastante oferta que é a glispa.com.

      Abraços,

      Daniel

  5. Mariana Sahim

    Olá Daniel excelente artigo, estou procurando uma plataforma de CPA que tenha os produtos “Intelimax” e “Opitmemory” você conhece?

    • Olá Mariana,

      Não conheço plataformas que tenham estes produtos.

      Abraços,

      Daniel

  6. PAIZZA DORENILLI

    Gostaria de me enfronhar melhor sobre o assunto. Suas explicações foram bem esclarecedoras para quem domina a internet. No meu caso, que tenho medo até de tocar no “enter”, entrar num programa desses é “meio que”…

    De qualquer forma, de tudo que li até agora a respeito, suas explicações foram as mais inteligíveis.

    • Olá Paizza, tudo bem?

      Amigo, no começo tudo parece um bicho de 7 cabeças mesmo, mas com o tempo você vai vendo que não é bem assim, que é mais simples do que você imagina, para facilitar este aprendizado, nada melhor do que se cadastrar em algumas empresas e começar a ver como funcionam por dentro, ou seja, ir para prática..

      Abraços,

      Daniel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *